Almeida Prado e o Brasil


Compositor, pianista, professor, mestre e grande músico.

Faltam adjetivos quando falamos de um dos mais importantes compositores brasileiros da segunda metade do séc XX.
Se foi sua incrível obra pianistica, ou suas maravilhosas peças sinfonicas que o fizeram ser o compositor que foi, não sabemos dizer, já que tudo que escreveu está recheado de profundo conhecimento e forte ligação à sua amada terra, Brasil!
Se não tivesse estudado com Messiaen, ou com Nadia Boulanger, com certeza, ainda assim, teria sido o compositor que foi, e que agora marca a história de nossa música brasileira. Sua influencia está disseminada nessa 'nova música', que tanto tem ainda a aprender com este grande mestre.
José Antônio de Almeida Prado tinha 67 anos, quando, no dia 21 de novembro, faleceu.
Sua carreira, repleta de honras e premios, nos deixa agora a lembrança e a saudade.
Tão importante é seu trabalho como professor, como mestre, ensinando-nos a ouvir, a conhecer, e entender a música do séc XX.

Eu mesmo, tive a riquissima oportunidade de estudar com ele, e digo que foi riquissima porque não tenho todas as palavras para descrever a experiencia. Realmente, estar em frente a um homem tão importante para nossa cultura musical, como ainda é, é algo extraordinário, mas também ve-se seu lado humano, sua paixão ardente pela música, e como brilha seus olhos para falar-nos de algo que tanto lhe fez feliz.

Por fim, nenhuma palavra pode descrever o que representa Almeida Prado para nós; apenas sua obra pode faze-lo, e o fará, como já tem feito por muito tempo. Muito ainda tem por se descobrir sobre sua obra, sua vida. Tomara que um dia possamos enteder sua música assim como deve ser entendida, um livro, uma história, sobre um país, um povo, uma nação, uma família, o Brasil.
Almeida Prado continuará a ser homenageado, e sua obra continuará a ser os escritos mais importates de nosso recente país. Não só um compositor brasileiro, um compositor do mundo.

Adeus Almeida Prado!

0 comentários:

Postar um comentário

''A vida tem trilha sonora''