Por mares navegaste...



Nem sempre o rio me leva ao mesmo lugar.
Nem sempre essa maré tm carrega para o destino que eu tanto almejo,
mesmo sendo meu único destino.

Sendo tu, flor minha, regada pela minha agua,
por minha culpa não estas à crescer.
Eu, que te vejo todos os dias,
ainda assim não posso te ver.

Mesmo que os ventos não forcem sua maré em minha direção,
meu coração, quebrado, é teu, com certeza.
... e com destreza, espero-te à deriva, em mar de ninguém.

Por que mares navegastes?...

O compositor de Hollywood

Quando falamos na setima arte logo pensamos no lugar que mais representa esta arte no mundo: Hollywood.
Hollywood é localizada em Los Angeles, Califórnia, nos Estados Unidos, e é simplesmente o 'palco' mais desejado por todos os atores e atrizes que querem se destacar no cinema mundial. Mas outro dia eu falo mais sobre isso. Hoje quero falar de um compositor. Talvez o maior compositor de Hollywood, e por que não, do cinema mundial: Jonh Williams.
John Williams nasceu em Flushing Queens, New York, à 8 de fevereiro de 1932. Desde pequeno já desempenhava a musica como atividade constante, até mesmo quando foi admitido na Força Aérea Americana (era compositor da banda da Força Aérea). Estudou na Juilliard School, e mais tarde cursou piano com Rosina Lhévinne.
De início, depois de sua formação como pianista, começou a trabalhar em estúdios de gravação e clubes. Depois disso, por ser popular nos estudios americanos, foi convidado a fazer algumas gravações de trilhas e ai começou a se envolver diretamente com Trilha Sonora.

John Willimas é o compositor com maior indicações ao Oscar: 45 ao todo. Perde apenas para Walt Disney.
É com certeza o artista com maior reputação no cenário cinematografico de nosso tempo.
Abaixo, uma lista muito extensa dos premios recebidos por trilhas e canções em filmes. (A lista está em ingles):

Grammy awards


  • Jaws (1975) (Best Album of Original Score Written for a Motion Picture)
  • Star Wars (1977) (Best Pop Instrumental Performance)
  • Main Title from Star Wars (1977) (Best Instrumental Composition)
  • Star Wars (1977) (Best Album of Original Score Written for a Motion Picture)
  • Theme from Close Encounters of the Third Kind (1978) (Best Instrumental Composition)
  • Close Encounters of the Third Kind (1978) (Best Album of Original Score Written for a Motion Picture)
  • Main Title Theme from Superman (1979) (Best Instrumental Composition)
  • Superman (1979) (Best Album of Original Score Written for a Motion Picture)
  • The Empire Strikes Back (1980) (Best Instrumental Composition)
  • The Empire Strikes Back (1980) (Best Album of Original Score Written for a Motion Picture)
  • Raiders of the Lost Ark (1981) (Best Album of Original Score Written for a Motion Picture)
  • Flying (Theme from E.T.) (1982) (Best Instrumental Composition)
  • E.T. (1982) (Best Album of Original Score Written for a Motion Picture)
  • Flying (Theme from E.T.) (1982) (Best Arrangement on an Instrumental Recording)
  • Olympic Fanfare and Theme (1984) (Best Instrumental Composition)
  • Schindler's List (1993) (Instrumental Composition for a Motion Picture or Television)
  • Saving Private Ryan (1998) (Best Instrumental Composition Written for a Motion Picture or for Television)
  • Theme from Angela's Ashes (2000) (Best Instrumental Composition)
  • Memoirs Of A Geisha (2007) (Best Score Soundtrack Album For Motion Picture, Television Or Other sual Media)
  • "A Prayer For Peace" (Theme from Munich) (2007) (Best Instrumental Composition)
  • "The Adventures of Mutt" (from Indiana Jones and the Kingdom of the Crystal Skull) (2008) (Best Instrumental Composition)

Golden Globe Awards

  • Jaws (1975) (Best Original Score)
  • Star Wars (1977) (Best Original Score)
  • E.T. (1982) (Best Original Score)
  • Memoirs of a Geisha (2005) (Best Original Score)

Emmy Awards

  • Heidi (1968) (Outstanding Achievement in Musical Composition)
  • Jane Eyre (1971) (Outstanding Achievement in Musical Composition)
  • "Great Performances" (2009) (Outstanding Original Main Title Theme Music)

Academy Award nominations

  • Cinderella Liberty (1973) (Original Dramatic Score)
  • Nice to Be Around (from Cinderella Liberty) (1973) (Song)
  • The Towering Inferno (1974) (Original Score)-
  • Star Wars (1977) (Original Score)
  • Close Encounters of the Third Kind (1977) (Original Score)
  • Superman (1978) (Original Score)
  • The Empire Strikes Back (1980) (Original Score)
  • Raiders of the Lost Ark (1981) (Original Score)
  • If We Were in Love (from Yes, Giorgio) (1982) (Song)
  • Return of the Jedi (1983) (Original Score)
  • Indiana Jones and the Temple of Doom (1984) (Original Score)
  • The River (1984) (Original Score)
  • Empire of the Sun (1987) (Original Score)
  • The Witches of Eastwick (1987) (Original Score)
  • The Accidental Tourist (1988) (Original Score)
  • Born on the Fourth of July (1989) (Original Score)
  • Indiana Jones and the Last Crusade (1989) (Original Score)
  • Home Alone (1990) (Original Score)
  • Somewhere in My Memory (from Home Alone) (1990) (Song)
  • When You're Alone (from Hook) (1991) (Song)
  • Nixon (1995) (Original Dramatic Score)
  • Sabrina (1995) (Original Musical or Comedy Score)
  • Moonlight (from Sabrina) (1995) (Song)
  • Sleepers (1996) (Original Dramatic Score)
  • Amistad (1997) (Original Dramatic Score)
  • Saving Private Ryan (1998) (Original Dramatic Score)
  • Angela's Ashes (1999) (Original Score)
  • The Patriot (2000) (Original Score)
  • A.I. Artificial Intelligence (2001) (Original Score)
  • Harry Potter and the Philosopher's Stone (2001) (Original Score)
  • Catch Me If You Can (2002) (Original Score)
  • Harry Potter and the Prisoner of Azkaban (2004) (Original Score)
  • Memoirs of a Geisha (2005) (Original Score)
  • Munich (2005) (Original Score)

Pois é! Ele é o compositor mais premiado do cinema mundial.
Abaixo, os temas principais de algumas trilhas deste compositor.

Jurassic Park





E.T. O extra terrestre




Superman

Retrato em branco e preto - Tom Jobim/Chico Buarque




Já conheço os passos dessa estrada
Sei que não vai dar em nada
Seus segredos sei de cor
Já conheço as pedras do caminho
E sei também que ali sozinho
Eu vou ficar, tanto pior
O que é que eu posso contra o encanto
Desse amor que eu nego tanto
Evito tanto
E que no entanto
Volta sempre a enfeitiçar
Com seus mesmos tristes velhos fatos
Que num álbum de retratos
Eu teimo em colecionar

Lá vou eu de novo como um tolo
Procurar o desconsolo
Que cansei de conhecer
Novos dias tristes, noites claras
Versos, cartas, minha cara
Ainda volto a lhe escrever
Pra lhe dizer que isso é pecado
Eu trago o peito tão marcado
De lembranças do passado
E você sabe a razão
Vou colecionar mais um soneto
Outro retrato em branco e preto
A maltratar meu coração

Tom Jobim/Chico Buarque - 1968





Grandes gravações - Download

Encontrei um bom site para downloads de LP's muito bons. Tem opções pra baixar em WAV, MP3, ZIP (pacote), e outros que não me recordo agora.
O site é em ingles, mas muito facil de compreender. Logo na página inicial da pra ver o link para as gravações.
Já baixei varias coisas, por exemplo uma gravação da 2º Sinfonia de Brahms pela NBC Symphony Orchestra com regencia de Arturo Toscanini. Muito bom o audio, mesmo tendo sido tirado de um LP.
Não da pra ver tudo, mas se encontrar algo importante pra postar aqui, eu colocarei. Abaixo vou deixar o Link pro site:


   







  EuropArchive.org

Trilha Sonora!



. . . Trilha sonora depende ou não de uma cena!? Ou ainda: que cenas necessitam ou não de trilha sonora?
De acordo com o grande compositor norte american John Cage, basta voce chegar em sua casa depois de um dia cansativo de trabalho, abrir a janela da sala, sentar no sofá, e finalmente apreciar a ''trilha sonora natural'', ou a parafernalha de massa sonora produzida pelo homem no dia a dia. CONFUSO? Imagine só: John Cage se tranca numa sala totalmente lacrada, onde os únicos sons que pode ouvir são as batidas do seu coração e suas artérias pulsando...
      Mas não é sobre John Cage que eu quero falar hoje, e tampouco sobre qualquer outro compositor. O assunto aqui é 'O que é a trilha sonora na nossa vida'? Existe uma música que permeia nossa curta estada na terra? Muitos diriam que sim, baseados talvez na mesma idéia de John Cage - de sua trilha sonora natural. Desta forma, desde quando ela existe? Desde o início de tudo, obviamente. Que início, não importa agora.
      Pois bem, desde o início temos uma produção constante de sons, sejam eles das arvores, pelo soprar dos ventos, ou no mar, com as correntezas contraladas pela Lua. Não podemos nos esquecer da chuva, que atinge a Terra, o mar, as florestas, e tudo mais que existe no nosso planeta. Tudo muito bem explicado e melhor ainda compreendido, mas existe um furo nessa teoria, e é puramente MUSICAL: o próprio fato de ser musical é que é o furo desta idéia.
     Ora, a música é uma arte temporal, ou seja, uma arte que se limita ao tempo, e não estou me referindo ao tempo musical (que já foi discutido aqui, por mim, em outra postagem). Isso significa que a música só pode existir quando há um interprete e um ouvinte. Se deixarmos a música escrita ali, parada, é apenas grafia, desenho, imagem, como preferirem. Diferente da pintura que com ou sem o homem, ela continua sendo a mesma coisa, imutável.
     A conclusão se pode tirar de tudo isso:
        ' Ao mesmo tempo que a música sempre acompanhou o homem, direta ou indiretamente, mesmo que disfarçada pelas magnificas imagens que a natureza nos proporciona. Mas é certo que houve sim, um momento, na histório do Universo, onde não havia corpos celestes, seres para conviverem entre si ou assistirem ao show da Natureza. Logo, eu concluo que apenas ''um som'' existiu e ainda existe: O SILÊNCIO. '

O silencio é a massa sonora que mais ouvimos em toda a nossa vida, desde crianças até idosos convalecentes. Somos tão ligados a ele que nem notamos a sua presença.
Pra mim, o silencio é o som de tudo aquilo que não conseguimos dizer nem pensar, somente sentir.
''A vida tem trilha sonora''